O Estranho Cavaleiro do Livro Sagrado

Fiel à sua profunda preocupação pelos casos de abuso de poder e os de castração do indivíduo e da sociedade face à intolerância e ao despotismo, Anton Dontchev descreve nesta obra a guerra sangrenta que o Papado desencadeou contra os albigenses em plena Idade Média. As crenças cátaras floresciam na Provença e noutros núcleos pela Europa, nascidas e alimentadas pelo Bogomilismo, teoria dualista formada em território búlgaro e que se espalharia rapidamente pelo continente. O Papa Inocêncio III sente o perigo, ordena que se arme uma nova Cruzada, agora em solo da Europa, para combater e destruir a crença herética que ameaça os fundamentos da hierarquia vaticana. Mas a destruição não vai à raiz da dissidência e Inocêncio descobre que os resistentes heréticos esperam a chegada a França do Livro Sagrado do Bogomilismo. Encarrega então um dos seus fiéis cavaleiros de interpor-se ao emissário dos albigenses, apossar-se em terra da Bulgária do Livro Sagrado e levá-lo para Roma até ao mais fundo dos subterrâneos do Vaticano para dessa forma desenraizar definitivamente a doutrina que dava aos homens uma outra visão do mundo. A obra de Dontchev, verdadeiro livro de aventuras e ao mesmo tempo de conhecimento histórico, retraça a cavalgada empolgante e heróica do Estranho Cavaleiro, aventura que perpassa a Europa medieval, o emancipado espírito humano a sobrevoar domínios feudais, patriarquias e bispados, reinos e principados, separados por línguas, nacionalidades e riquezas várias na hora em que os europeus levantavam o verbo e a fé para saudar a aurora da mudança e da renovação.

Autor

ISBN: 972-699-656-2 Categorias: , Etiqueta:

17,00 

Só 2 em stock

Descrição

Tomando por base um conflito religioso que no correr dos séculos XI e XII abalou profundamente a Europa e constitui uma das páginas mais negras da sua história, Anton Dontchev oferece-nos neste seu livro um épico poderoso que o confirma como um dos grandes nomes da literatura búlgara. Com uma vasta obra já conhecida e aclamada em muitos países ele serve-se do seu génio não apenas para nos dar um soberbo romance histórico mas também um retrato transfigurado do seu país de origem. Ao recuperar o passado, ele exorciza ao mesmo tempo o presente de forma a fazer-nos reflectir sobre os crimes e iniquidades que ontem como hoje, em muitas partes do mundo, são cometidos em nome dos fundamentalismos religiosos e políticos.
 
ANTON NIKOLOV DONTCHEV nasceu a 14 de Setembro de 1930, em Burgas (Bulgária). Licenciou-se em Direito pela Sofia University, em 1953. É casado com Rayna Vasileva, uma antiga jornalista da Rádio Nacional Búlgara. Enquanto escritor publicou: Despertar, 1956; A Saga de Samuel, 1961; Tempo de Separação, 1964 — com várias edições e mais de 25 traduções estrangeiras, incluindo o Reino Unido, E.U.A., Itália, Alemanha, Suécia e URSS; As Nove Faces do Homem, 1980; Nikolay Rorich, 1981; A Saga do Khan Asparuch — 1981-1984, em 4 volumes; O Estranho Cavaleiro do Livro Sagrado, 1988; A Lenda dos Dois Tesouros, em 2015 e A Sombra de Alexandre o Grande, em 2016. Ainda publicou contos, artigos, peças de teatro. Os seus livros estão traduzidos em mais de 25 línguas. É membro da União dos Escritores Búlgaros. Recebeu vários prémios e distinções: entre outros prémios nacionais, o Prémio da União dos Escritores Búlgaros, em 1962; Prémio Dimitrov, 1966; Prémio da Fundação Internacional “Takis Tranoulis”, Grécia, 1989; Prémio Literário Internacional “Balkanica” para O Estranho Cavaleiro do Livro Sagrado.

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 15 × 23 cm
Páginas

244

Autor

Outros autores

Luiz Gonzaga Ferreira (prefácio), Zdravca Naidenova (tradução)

Colecção

Editora

Idioma

Tipo de produto

Livros

Encadernação

Capa mole

Ano de edição

2000

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.

Também pode gostar…