Thomas Mann

Thomas Mann

A mostrar todos os 3 resultados

Nascido a 6 de Junho de 1875, em Lubeque, Alemanha, numa família abastada de mercadores, Thomas Mann recebeu em 1929 o prémio Nobel de Literatura. Após a fase da juventude, Mann acabou por aderir a ideais mais democráticos, e repudiou acerbamente a ascensão de Hitler ao poder. Em 1933 buscou asilo na Suíça. Com o eclodir da Segunda Grande Guerra, em 1939, emigrou para os Estados Unidos. Gravou então uma série de discursos anti-nazis que foram emitidos pela BBC. Em 1944 naturalizou-se cidadão americano. Curiosamente, faria parte da famigerada lista negra do macartismo, como suspeito de comunismo, acusação infundada e paranóica. Acabou por retornar à Suíça em 1952, onde viria a morrer em 1955. Intérprete nato do clima social e político do século XX, as suas obras, das quais sobressaem Morte em Veneza (1912), A Montanha Mágica (1924), Doutor Fausto (1947), O Eleito (1951), bem como Lotte em Weimar – O Regresso da Bem-Amada (1940), são marcos da história da literatura do século XX.