Assírio Bacelar

Assírio Bacelar

A mostrar todos os 9 resultados

Assírio Bacelar iniciou a sua actividade editorial em 1972, e tem, nessa qualidade, exercido uma acção digna e empenhada que se salda pela revelação e publicação de muitos autores hoje indissociáveis da nossa cultura. A literatura infanto-juvenil está, desde o primeiro momento, nas suas preocupações e nessa senda escreveu alguns livros. Entre os já publicados contam-se O Espantalho às Avessas (1992) e A Estrelinha da Manhã (1996), ambos recomendados para leitura pelo IPBL, e traduzidos em língua búlgara. Outros três, Leonardo e o Papagaio, O Pequeno Herói da Travanca — Uma História das Guerras da Restauração e Miguel Dantas — Uma Vida Exemplar Contada aos Jovens, mereceram o apoio da Câmara Municipal de Paredes de Coura e o melhor acolhimento das escolas desse Concelho pelo seu interesse didáctico e histórico. O sexto livro do género, Rita e a Lenda da Lagoa das Sete Cidades, encontrou igualmente a melhor receptividade nas várias escolas do país onde tem sido apresentado. Em 2015 estreou-se na literatura para adultos com Memórias de um Brinquedo que se Partiu e em 2019 publicou o seu segundo romance, Sob o Signo de um Deus Menor.