-10%

A Maçonaria Portuguesa e a Grande Guerra (1914-1918)

Fiel aos grandes valores instituídos, a Maçonaria desde sempre teve influência em ocorrências históricas marcantes. A Primeira Guerra Mundial (1914-1918) foi uma delas. A nível individual, como prescreviam as suas obediências, também ela tomou posição em relação a esse conflito. Houve quem fosse a favor da participação portuguesa por via da manutenção das colónias, na altura sob o ataque alemão, e quem, consciente dos nossos fracos recursos militares, discordasse dela. Dualidade de posições que espelhava o pensamento de Portugal, já sob a égide da jovem República, desejoso, por um lado, de se afirmar na cena internacional e, por outro, temendo não estar à altura de uma participação nessa guerra, como, aliás, opinava a Inglaterra. Em retaliação do aprisionamento de navios germânicos ancorados em portos portugueses, a Alemanha declarou-nos guerra e assim se decidiu por fim a nossa participação nesse conflito mundial.
Com o conhecimento e autoridade que detém nesta matéria, revela-nos António Ventura, nesta sua investigação, as diferentes posições da Maçonaria nessa guerra, o peso que elas tiveram, e os nomes dos muitos maçons que nela perderam a vida.

Desconto: 1.59€

O preço original era: 15,90 €.O preço atual é: 14,31 €.

Em stock

Descrição

Investigação inédita sobre as posições da Maçonaria Portuguesa durante o conturbado período da Primeira República Portuguesa e da Grande Guerra (1914-1918).

A Maçonaria Portuguesa e a Grande Guerra - Lusa (14-10-2019)
LUSA (14/10/2019)

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 17 × 24 cm
Páginas

160

Autor

Colecção

Editora

Idioma

Tipo de produto

Livros

Encadernação

Capa mole

Ilustrações

Gravuras, Fotografias, a 1 cor

Ano de edição

2019

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.

Também pode gostar…