Lisboa, o Fado e os Fadistas – 3ª edição

 28.35

Dentro de Stock

Sobre o livro
A história da cidade na história do fado ou vice-versa, este magnífico documento que mereceu de David Mourão-Ferreira a designação de «obra indispensável» aparece em nova edição revista e ampliada, com iconografia renovada e enriquecida. É um dos estudos mais detalhados que entre nós se fizeram da relação da cidade com o género musical que desde há séculos lhe está associado, os acontecimentos históricos, as raízes do género nos ritmos africanos mas, sobretudo, da análise sociológica da popularização e segmentação social que se repercute no alcance que o fado teve ao longo da sua existência em Portugal. Para além do estudo histórico inclui ainda uma antologia de poemas dos mais famosos fados, biografias dos mais famosos fadistas desde as lendas como a famosa Severa aos contemporâneos (Mariza, Camané, etc.), testemunhos de personalidades a ele ligadas e um detalhado roteiro dos locais da cidade ligados ao fado.

 

Sobre o autor
Eduardo Sucena tornou-se conhecido sobretudo pelos seus trabalhos na área da Olisipografia, parte dos quais foram incluídos no Dicionário da História  de Lisboa (1994), que dirigiu em colaboração com o Dr. Francisco Santana. Organizou e escreveu a Introdução das Obras Clásicas para la Historia de Lisboa (Fundación Historica Tavera, Madrid (1998). Colaborou na Enciclopédia Verbo Luso-Brasileira de Cultura – Edição Século XXI e o seu livro Lisboa, o Fado e os Fadistas (Vega) foi distinguido com o Prémio Júlio Castilho (1992), de olisipografia, pela Câmara Municipal de Lisboa. Também interessado na história das Ordens Militares, efectuou pesquisas, em Portugal e Espanha, de que, entre outros trabalhos, resultou esta obra, com a qual contribui para o enriquecimento da bibliografia nacional sobre uma matéria tão polémica como apaixonante, pondo em paralelo a acção dos cavaleiros templários portugueses com a dos seus “irmãos” em França e no Ultramar (Médio Oriente).

SKU: 978-972-699-905-8 Categoria:
  • Prémio Júlio Castilho (1992), atribuído pela C.M. de Lisboa;
  • Edição revista e ampliada de uma das mais completas histórias do fado desde as suas origens até à actualidade.

Press Release

Press – Lisboa, o Fado e os Fadistas – 3.ª edição

Enviar review

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Classificações

Não há classificações ainda.

Não tem produtos.

Carta Aberta Para Sair Da Crise No Sector Do Livro E Da LeituraApoie esta petição, assine e divulgue. Ignorar