Elogio da Loucura (Edição bilingue)

 19.61

Sobre o livro
Uma obra marcante na história do Humanismo e na história do Ocidente, escrita por uma das maiores figuras do Renascimento, agora em nova e excelente tradução, feita directamente do latim, que nos oferece o sabor da escrita original e do espírito de humor e ironia que a enforma. Intemporal, como todos os grandes clássicos, nela se disseca a natureza humana do ser da época que, não obstante os séculos decorridos, pouco ou nada difere do ser actual, uma vez que neste podemos encontrar os mesmos sinais de irracionalidade e loucura que Erasmo de Roterdão tão bem satirizou.  

 

Sobre o autor
Desidério Erasmo, que veio a ser conhecido como Erasmo de Roterdão, nasceu nesta cidade em 28 de Outubro de 1467 e morreu, em Basileia, em 11 de Julho de 1536. Foi um teólogo e um humanista, que viajou por toda a Europa e se relacionou com a elite da sua época, qualquer que fosse a sua nacionalidade. Cursou o seminário com os monges agostinianos e realizou os votos monásticos aos 25 anos, tendo-se depois tornado um grande crítico da vida conventual e das características que julgava negativas na Igreja Católica. Como escreveu há anos o crítico Manuel Mendes, «foi um dos maiores eruditos e escritores do seu tempo, e foi, ao mesmo passo, o cidadão de todos os países em que viveu, o grande cosmopolita, que se recusava a reconhecer qualquer preponderância de nação para nação, que julgava os povos pela nobreza e cultura dos seus homens.»

REF: 978-972-699-973-7 Categoria:

Descrição

• Edição bilingue de um clássico da literatura renascentista;

• Inclui um prefácio do Prof. Carlos Ascenso André.

Press Release

Press – Elogio da Loucura

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.